Areia e teus dedos

Hoje acordei com um gosto estranho na boca...com sinais estranhos na lembrança..com sentimentos indistintos na memória..com falta de algo que não se tem...com vontade de buscar algo longínquo ...com sensação de perda de algo que nunca esteve ali..aquela sensação de um final de tarde, de se ter chegado ao fim...mas como isso pode ser possível? Se tal coisa nunca esteve lá? Como se braços invisível estivessem me apertando....como mãos irreais apertando meu pescoço....uma sensação angustiante...de asfixia...de perda total ....solidão...um deserto...enquanto penso nisso ..o tempo passa como areia entre os vãos dos dedos..um pouquinho a cada instante e mais um dia se passou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Friendship never ends

Colecionadora

Fada da Floresta