sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Fada da Floresta

Morgan corre pela floresta descalça...
....rindo encantadoramente..
Que riso lindo! 
Sonoro...forte..contagiante......
Veja uma pontinha de seus cabelos vermelhos soltos ao vento...
...e você se perde....
Morgan é feiticeira....
Feiticeira de almas...
Ela própria uma alma em chamas
Que queimará você....
Corra pela floresta com ela...

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Desires

Todos nós vestimos máscaras, 
A minha agora diz "eu não quero você tanto assim",
Mas ela não disfarça muito bem a realidade..
Nesse momento eu vestiria você
Vestiria sua pele ardendo...
Cada centímetro sobre minha pele..avançando...tormento e desejo...
Sentiria as chamas..lambendo cada pequeno pedaço de mim....
...E elas seriam bem vindas!
Sentiria o seu fogo..um reflexo gêmeo do meu...
Arderia até o fim,
Para voltar a me consumir em seguida..outra e outra e outra vez, infinitamente....

Porque as palavras são pequenas, 
Por si só não significam mais nada...
..... se não tiverem acompanhante!
Então dispa sua máscara de distanciamento e vamos brincar...
Again...again...again..and again....

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

TRINTA

Caras amigas...mais uma vez os 30 anos atacam!
O que acontece quando a mulher completa os tais 30 anos? De fato eu não sei, não sei se é diferente para cada uma, não sei.

Livros sobre 'jovens senhoras', além de filmes baseados nestes mesmos tais livros relatam o drama total da chega aos trinta, de definitivamente ter entrado na vida adulta (e nas rugas) e não poder voltar jamais,  nos fazem rir, rir muito, tanto que sempre me fizeram ver que na verdade tudo isso é uma grande bobagem, drama desnecessário....até agosto de 2015.

Mas o que houve? Cheguei aos 30! E foi como um soco no estômago! Me tirou o ar e me pesou de preocupações a cabeça.  Me sinto como alguém que está correndo atrás do prejuízo.

O que antes eu classificaria como apenas um número é agora indicativo de coisas que fiz versus coisas que de-ve-ria ter feito até os 30. Claro que continua sendo um número, mas tirando a comédia romântica hollywoodiana, tem sim significado e muitos bem fortes e significativos principalmente para quem é mulher.
Por quê? Porque a vida cobra caro, a sociedade cobra, os familiares cobram, tudo cobra..e a maior cobrança é a de nós mesmos.
 
Não estou me queixando de rugas, de celulite, nada disso...não sou tão fútil assim. Estou falando de prazos, porque por mais que os 30 sejam o começo, ele indica coisas que já deveriam ter sido feitas, concluídas, ou no mínimo muito bem encaminhadas...encaminhadas para o fim.

Nos damos conta que a juventude passou, passou muito rápido! Quando foi que isso aconteceu? Não é medo de responsabilidades, nem de perto....é mais uma sensação "o que farei agora...como farei...tenho pouco tempo"....é inevitável.

Não sei se é sentimento geral, mas parece que deveríamos estar realizadas e felizes...aquela viagem dos sonhos, carreira encaminhada, tudo indo de vento em polpa, porém, tudo o que ouvimos são as famosas perguntas: "Já tem um pretendente? Quando vai casar? Já ta na hora de ter filhos! Não espere muito tempo você já está nos 30".

Sem comentários, mas estas não são minhas metas de vida, a mulher não foi feita apenas para parir e casar, vejo isso como conseqüências, não metas! E se eu quiser viajar o mundo por um ano, digamos? E se eu quiser sair e me divertir? E se eu quiser ficar solteira? E se eu quiser amar loucamente a mim mesma???

Minha maior preocupação é de que conseguirei meus objetivos em tempo record sendo que a cada dia eles aumentam (risos)...minha preocupação é ser feliz, ser paciente, ter tranquilidade, uma casa para chamar de minha, poder dormir mais e claro, continuar aparentando 10 anos a menos do que minha idade real (é o que todos dizem) e não engordar tanto ..ooops (risos)!


Afinal 30 é apenas um número...no início ele assusta...depois notamos que tudo melhora: você se percebe mais inteligente, experiente, segura, desejada (uhu!)...sabendo lidar com as neuras o que vem depois é só lucro!

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Queda

Trate-me bem..com seus abraços ásperos
Áspero roçar de pele incandescente
Beije-me com força..lábios quentes
Encante-me e cante..seu canto de dor
Sobre a lua...
Maligna testemunha do minha dor..da minha queda..
Engane-me mais uma vez e deixe-me,
Deixe-me aos pedaços
Para que eu aprenda caminhar e viver sem você
Mais uma vez

Confissão

Eu confesso...SIM!
Assassinei uma palavra!
Uma palavra de quatro letras..já tem algum tempo..
Não ..não é amor
É algo com significado único...particular
Algo sonoro e palatável...produz arrepios pelo corpo.
Na realidade poderei dizer que a inventei..de certa forma ela já existia..
Era
mais como uma ação e seu som
Nem ouso pronuncia-la
Na realidade ela vinha morrendo de fome a um certo tempo...foi facil
E agora estou limpando o órgão que ela ocupava..
Abrindo as janelas arejando...
Há um que de ar fresco..algo limpo e puro
Estimadas melhoras..
Mas a palavra?
Não falo ela....tenho medo de fantasmas...eles me assombram a noite

Olhos mutantes..brilha o menino

Há algo naqueles olhos e naquele jeito maduro...
Disso eu tenho certeza..mas o que?
Muitas vezes somos chamados de enxeridos, por simplesmente sermos curiosos
Não temos direitos sobre as pessoas..pessoas não nos pertences...não são bens herdados..
Mas com o tempo a gente vai sentindo que elas nos pertencem...sentimentos mesquinhos de posse
E é insuportável perde-las..seja de qual forma for
Mais ainda quando o sentimento antecede e muito a perda
Mas não agora..não desta vez..
Não é a perda definitiva....é a perda temporária
Por hora há a análise daqueles olhos mutantes
De um tom castanho/verde...
E o entusiasmo que brilha nos momentos de euforia..
O menino que se encontra ali..
Mesmo quando embotados por sensações fortes...são profundos..pra mim...
Reunidos: o menino verão ..a garota inverno...
O amigo mais que amigo
Finalmente
Brilham olhos..brilham
Sejam meus..mesmo que fugazmente


quarta-feira, 20 de maio de 2015

O problema das mulheres e os sentimentos nobres

Já ouvi muitas vezes dizerem que mulheres são fofoqueiras, invejosas, maldosas e más, como mulher sempre fico indignada, porque não acho justo que falem assim. Hoje posso dizer que fico braba APENAS pela GENERALIZAÇÃO que me atinge, por que infelizmente as mulheres são assim e eu sempre a idiota que se doa,  fiel, educada, companheira, ingênua e só me ferro por ser justa. Alguns dizem que mulheres são muito competitivas e creio que sejam, mas devo ressaltar que quando passam dos limites e usam de baixezas não é ser competitiva, é ser desleal e mau caráter! As mulheres são tudo isso e muito mais! Mulher não aceita que outra seja melhor que ela em nada! Sabe aquela máxima que diz : quando uma mulher se arruma é para outra mulher? Puríssima verdade! Elas querem humilhar a outra, querem que a outra diga “Puxa! Sua roupa é muito bonita!” Querem ver a inveja no olho da outra ao pronunciar isso, sentem-se felizes quando humilham outra mulher, sempre outra mulher! Porque eu, uma mulher, está falando isso? Porque eu cansei das fofocas, da maldade, da inveja, da falsidade feminina!

Porque simplesmente uma mulher não consegue ser sincera com a outra, ser boa, amiga, companheira. Tem que sentir raiva em tudo que a outra faz de melhor, tem que humilhar para se sentir bem. Quando isso começou eu não sei, só sei que as piores amigas que alguém pode ter, e se você for mulher, são suas iguais no gênero. Sempre existem exceções, em tudo há exceções, mas me parece que eu só 'tropico' com o lixo que há por ai....sempre fui muito azarada mesmo!


Quer ver um 'bolo' de mulheres conversando..pode acreditar que estão falando mal de outra...de como a outra é feia, mal vestida, e por ai vai. Pior ainda, quando elas querem falar mal de alguém que esteja por perto, elas fazem questão de cochichar e dar risadinhas acompanhadas, é claro, de olhares zombeteiros para a vítima, que é para não deixar dúvidas que é dela que estão falando. Aí se você as confronta, bah! "Nãooooooo!  Que isso! Tu ta imaginando coisas! Nós te adoramos! Somos tuas amigas" HAHA Conta outra! Tão amigas que falam mal de ti na primeira oportunidade, ou que só te procuram quando precisam de alguma coisa, que de qualquer forma são muito incapazes de fazer sozinhas; mulheres são interesseiras. Quando o grau de ódio, a meu ver injustificado, é grande, vem as fofocas, as mentiras sobre o que você disse ou deixou de dizer, tudo invencionice, para tentar te isolar de qualquer chance que você tenha de ter amigas (e tem algumas idiotas que acreditam nas mentiras)...aí vem os bilhetes dizendo o quanto sentem pena de você por você não ter amigas..tentando ressaltar o quanto você é burra por não querer mais amizades tão falsas...Faça-me o favor! Amigas cobras? Quem precisa???

Amizade é coisa séria e a gente não pode dar confiança para qualquer tipo de pessoa! Infelizmente as vezes a gente se engana com o caráter de algumas, acontece! No meu caso sou muito exigente...quero em troca o que eu dou de bom grado: educação e acima de tudo fidelidade; se não é fiel, não é meu amigo. Esta é minha lei, sei que cobro demais, mas é meu preço! Ou é meu amigo, ou não é...e não cabe neste meio, fofocas, mentiras e farsas...não admito. Caso não esteja nos requisitos eu caio fora.

Mulheres! Tenham personalidade, não finjam ter, vençam por méritos não por escalarem as costas dos outros nem pelas custas dos outros! Usem a inteligencia para o bem, não para a fofoca! Cuidem das suas vidas e esqueçam dos outros! Vocês não são obrigadas a gostar de todo mundo, mas isso não significa que por você não gostar de alguém, deve destruir a vida desta pessoa! Sejam educadas, não cochichem..é a coisa mais infantil e idiota que você no alto dos seus 20 e poucos anos pode fazer! Amadureça, cresça e apareça aí você poderá impor algum respeito, porque enquanto isso não acontecer, para mim gente assim é lixo e infantil!