O menino de coração de gelo

Pobre criança pobre


Sempre chorando aos cantos as coisas que o amor não lhe deu


Sempre amaldiçoando a sua sorte


Sempre maldizendo os enamorados


Por que seu coração está partido


Pobre menino magoado


Vê duvidas em tudo a sua volta


Teme as emoções


Sofre calado


Sobre uma máscara de gelo


Uma fina camada sobre seu pequeno coração


Fervem emoções de perda, desilusão e dor


A ira de apontar desagrados no amor


Escondem um coração calejado


Que grita por carinho


Mas o carinho por ele é sempre rejeitado


Fala, fala


Para convencer a si mesmo


“Eu só por mim me basto”


Mesmo que esta não seja a total verdade


Não adianta nada fazer


Esta é sua escolha


Este é seu caminho


Seu lar


Seu repouso afinal


Apenas dor disfarçada




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Friendship never ends

Colecionadora

Acabado