Sarah do Lago


Os sonhos recomeçaram..na realidade eles nunca foram embora; apenas a noite quando eu acordava sobressaltada eu simplesmente fazia de conta que eles nunca haviam estado ali na minha cabeça, rodando e me atormentando. Eu nego todos meus dons a anos, finjo não ver coisas, finjo não as ouvi-las, não saber, não quero acabar como minhas parentas acabaram, todas elas, na fogueira. Minha mãe não tem o dom dizia minha avó, Nelly:
”-Você menina tem a luz necessária! Desenvolva não tenha medo.”
Mas eu preferira a segurança, não me arriscar. Hoje órfã e vivendo numa fazenda como serva decidi não mais aguentar ..as humilhações que passei, os sofrimentos que vivi..não acho justo que tudo fique como está. Os responsáveis pela morte de minha família, até de minha doce e cristão mãe, aquele ser iluminado que só fazia rezar para o novo deus, toda doçura e flores. Tudo deve ser vingado.
Úrsula, a cozinheira da fazendo, diz-me todos os dias para que eu reze; mas eu não vejo mudança, nada vai mudar. Não assim! Mas eu sei o que fazer!
Ouço o chamado..ouço minha avô falando em sonho:
“-Cuidado Sarah! Não liberte a ira contra você! Cuide o que você vai fazer!”
Três vezes três minha força vai retumbar, vai atingir e ferir meus desafetos e três vezes três eu mesma serei atingida em resposta, mas eu vou persistir, perdurar até o limite!
Na noite passada ela me chamou..a ninfa do lago... ela está me chamando agora...aquele que sempre esteve ao lado do meu berço, ela é meu destino e eu o abraço.
Hoje estou aqui... ao entardecer no lago..vai começar...ninguém ira me desafiar..nem que eu pereça pelo fogo! Todos vão saber quem é Sarah Mason!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Friendship never ends

Colecionadora

Acabado