Quieta



Vou ficar quietinha
Sentadinha
No meu quarto
Que hoje está escuro
Amanhã talvez faça sol
Depois o vento chega derrubando tudo
Os dias passam
Sempre iguais para mim
Anos para curar a ferida
No final não importa
Por que vou estar sozinha
Sentadinha
Com minha angústia
E ninguém se importa

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Friendship never ends

Colecionadora

Fada da Floresta